Conheça a história do ar-condicionado


Foi em 1902 que o engenheiro norte-americano Willis Carrier inventou o primeiro sistema de ar refrigerado. A invenção do ar-condicionado, além de transformar o nosso conceito de bem estar e conforto, possibilitou o avanço e o desenvolvimento de diversas áreas da indústria e da ciência.

Hoje, vamos conhecer a história do ar-condicionado e descobrir porque essa invenção foi tão importante para o mundo.

Durante o verão de 1902, a indústria gráfica Sackett-Wilhelms Lithography and Publishing, localizada em Nova York, enfrentava sérios problemas com as suas impressões. A umidade excessiva do ar era absorvida pelo papel, o que acabava deixando as imagens borradas e escuras demais. Na época, o jovem engenheiro Willis Carrier, com 25 anos, acreditava ter a solução ideal para reverter esse problema.

Foi então que surgiu o projeto e a implementação do primeiro aparelho de ar condicionado!

Carrier criou uma estrutura mecânica capaz de induzir a circulação do ar para dentro de dutos refrigerados artificialmente. Através desse processo, a temperatura e a umidade da fábrica foram controladas e o problema devidamente solucionado. Nem é preciso dizer que a invenção foi uma revolução para toda a indústria gráfica e se espalhou rapidamente por todo o país.

A indústria têxtil foi o primeiro grande mercado para os condicionadores de ar. Ao contrário da indústria gráfica, o principal problema a ser solucionado nesse segmento era a falta de umidade, que dificultava a tecelagem das fibras do algodão. O sistema projetado por Carrier controlou a umidade das fábricas e impulsionou o crescimento de todo o setor. O benefício da invenção também se difundiu e foi importante para outras indústrias, como as de fabricação de papel e as de fabricação de produtos farmacêuticos.

A invenção do ar-condicionado também foi muito importante para a área da saúde. Em 1914, Carrier instalou o primeiro aparelho condicionador de ar hospitalar. O sistema foi adquirido pela maternidade do hospital Allegheny General, em Pittsburgh, EUA. A invenção possibilitou a introdução de umidade extra nos berçários e ajudou a reduzir a mortalidade causada pela desidratação.

O ar-condicionado também foi um elemento fundamental para o crescimento da indústria cinematográfica. Nos meses de verão, a população deixava de frequentar as sessões de cinema, o que acabava ocasionando o fechamento de diversas salas e o prejuízo de vários produtores. Com a instalação do aparelho, esse problema também foi solucionado.

Foi nos anos 50 que os modelos de ar-condicionado residenciais passaram a ser produzidos e comercializados em massa e a popularidade do aparelho se difundiu pelo mundo. Também foi nesta época que o seu inventor faleceu.

A história do ar-condicionado está intimamente ligada a comodidade da vida moderna. Graças aos avanços tecnológicos, atualmente existem diversos modelos de ar-condicionado para diferentes necessidades. Usufrua dessa grande invenção e melhore a sua qualidade de vida!

http://blog.newtemp.com.br/index.php/curiosidades/curiosidades-conheca-a-historia-do-ar-condicionado/


Posts Em Destaque
Posts em breve
Fique ligado...
Posts Recentes